O parto

A cadela agora não deixa o seu aposento e,  depois de um número maior ou menor de contracções, aparece o saco amniótico, que abriu o caminho ao parto. Frequentemente, o saco rebenta durante o percurso, o que provoca uma exsudação mais regular depois de cada contracção.

Depois disto, aparece rapidamente o primeiro cachorro. O mais comum é entre os 10 minutos até às duas horas. É totalmente diferente se um saco amniótico verde se rebenta durante o percurso. Se o cachorro não nascer dentro dos 20-30 minutos a seguir, o veterinário deve ser chamado. Os cachorros nascem cada um em seu saco individual.

Se o primeiro cachorro nasceu e o dono da cadela não souber o que fazer, pode-se calmamente contar com os instintos da mãe, pois ela sabe mais sobre o que deve fazer do que se pode ler nos livros. Se a placenta - que está segura no outro lado do cordão umbilical - não vier logo a seguir, pode-se cuidadosamente puxar para baixo (não para trás) o cordão umbilical, experimentando pressioná-la para fora. Se uma cadela ficar paralizada durante um parto, isto deve-se frequentemente à posição frontal da placenta.

Se se verificar que a cadela demora muito tempo a furar o saco, pode-se fazer um buraco de modo a que os cachorrinhos possam respirar, mas deixe a cadela, de preferência, fazer o mais possível.

A maior parte das cadelas ingere a placenta e corta o cordão umbilical com os dentes, assim que conseguem chegar ao abdómen dos cachorros. Algumas cadelas podem ter a tendência para raspar no cordão umbilical com os dentes da frente e se este for maltratado, o cachorro poderá ficar com uma hérnia umbilical. No entanto, esta desaparecerá quando o cachorro atingir a idade de 3-4 meses.

Pode-se cortar o cordão umbilical a cerca de 2 cm de distância do cachorro, mas um corte pode provocar hemorragia. Com o método da natureza, a cadela mastiga primeiro o cordão o que impede que saia sangue. Se for necessário ajudar, o mais adequado é cortar o cordão entre as unhas dos polegares.

A seguir aparecem normalmente os outros cachorros com 10-16 minutos de intervalo. Há, porém, um intervalo maior entre o penúltimo e o último cachorro.